AVISOS

terça-feira, 18 de maio de 2010

Em Quem você tem crido?

Deus nos instrui que guardemos as tuas palavras para não desviar de seu caminho. Está escrito em Josué 1.8: “Não se aparte da tua boca o livro desta Lei; Antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque, então, farás prosperar o teu caminho e, então, prudentemente te conduzirás”.

Deus nos ensina em seu livro qual é a sua vontade para nossas vidas e o seu desejo é que tomemos posse de suas promessas, tomar posse é confiar, é crer, é seguir as instruções com obediência!

No entanto, com muita tristeza tenho visto muito crente abatido, submersos em medos e inseguranças, consumidos pelas tribulações simplesmente porque não tomam posse da Palavra de Deus. Ao contrário, falam que o Senhor é fiel, justo, que Ele cura, sara as feridas, liberta, salva, opera milagres, no entanto, permanecem presos às suas tribulações completamente inertes por sua falta de fé. Observem que me refiro ao fato de “permanecerem” e não de serem acometidos por elas. Pois, é fato que as tribulações vêm e vão, seja você cristão ou não, Jesus nos alerta em João 16.33 que “no mundo tereis aflição”, mas também nos instrui que devemos ter “bom ânimo, pois Ele – como homem - venceu o mundo”. O que nos ensina que se permanecermos no Senhor, sendo seus verdadeiros imitadores, seremos vencedores.

Logo, o caminho da vitória não é nenhum segredo, pois se encontra nas Escrituras, em João 5.4 diz: “Porque todo que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé”. Está claro que se você é nascido de Deus, ou seja, crer que seu Filho é Jesus ( João 1.12 : “Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: as que crêem no seu nome”), e tem fé, então vencerá o mundo.

Devemos depender inteiramente do Senhor, buscar um relacionamento íntimo com Ele e exercitar a nossa fé continuamente. E é neste ponto que entram as provações, pois o nosso aperfeiçoamento e crescimento espiritual é o propósito das provas. A forma como enfrentamos a prova é que vai determinar se sua fé está fundamentada em Jesus.

Por mais tenebroso e difícil que seja o deserto em que você está passando, se crer que “o Senhor, vosso Deus, é o que peleja por vós” (Deuteronômio 3.22), então não há o que temer!

Descanse, porque neste exato momento Jesus Cristo está assentado à destra do Pai intercedendo pelo seu problema, Hebreus 7.25 “Portanto, pode também, salvar perfeitamente os que por Ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles. Não importa quanto tempo dure o seu deserto, se você permanecer firme na rocha que é Jesus, então você terá vitória.

Lembre-se do centurião romano (Mateus 8.5-13) que disse a Jesus que bastaria apenas que Ele dissesse uma palavra para que o milagre acontecesse, este é um verdadeiro exemplo de que não precisamos ver nem entender o agir do Senhor para realizar o milagre que pedimos, basta apenas acreditar no poder do Senhor para fazê-lo.

A fé é a arma do cristão, o escudo contra os dardos inflamados do maligno. E como fazer para crescer nossa fé? A Palavra nos ensina que a fé vem pelo ouvir e ouvir a Palavra de Deus (Rm 10.17), e que a Palavra de Deus deve ser o nosso alimento, pois Jesus disse que nem só de Pão viverá o homem, mas de toda palavra que provém da boca de Deus (Mt 4.4), e assim, usando a Palavra Ele venceu satanás.

O apóstolo Paulo disse na sua adversidade: “porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia." (2 Tm 1,12-14). Agora eu lhe pergunto: Em quem você tem crido?

Entenda que as tribulações são usadas por Deus para nos aperfeiçoar e incentivar uma viagem de autoconhecimento para enxergarmos as áreas que precisam ser aperfeiçoadas ou modificadas. Não é uma forma de provar nossa fidelidade, ao contrário, é uma forma de nos permitir conhecer o tamanho de nossa fé. Ele nos conhece desde a nossa formação no ventre materno, não precisa nos provar para saber quem somos, no entanto, quer que você use as tribulações para um autoconhecimento e amadurecimento espiritual. E, enquanto espera a sua vitória use este tempo para produzir bons resultados, evite o pecado da murmuração lembrando que na espera Deus forma o nosso caráter. Pela fé e paciência, herdamos as promessas do pai (Hebreus 6.11-12).

Lá em apocalipse 3.15 diz: “Eu sei as tuas obras, que nem és frio nem quente. Tomara que foras frio ou quente! Assim, porque és morno e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca”. Aqui aprendemos que não há como ficar em cima do muro, nosso testemunho de vida, deve manifestar claramente a glória e o amor de Deus que está sobre cada um de nós. Para ver milagres em nossa vida, temos de tocar Jesus e ter fé em sua capacidade e em seu desejo de tocar-nos.



Em Cristo, nosso Salvador e Senhor,
MCA da Igreja Batista Monte Tabor.

Um comentário:

  1. digo como o Apostolo Paulo, eu sei em quem tenho Crido e estou certa de que ele é poderoso..a paz

    ResponderExcluir

Postagens recentes

Precisando conversar? Estamos aqui!