AVISOS

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Experimentando o poder do Louvor



Leia Salmos 100: 1-5 e reflita
“Entrem por suas portas com ações de graças, e em seus átrios, com louvor; dêem-lhe graças e bendigam o seu nome” (Salmos 100:4)
Louvar a Deus não é apenas entoar-lhe hinos de louvor uma vez por semana. O louvor deve fazer parte de cada momento de sua vida. Deve ser o que você faz no carro a caminho do trabalho, da escola ou da loja. É o que deve abrigar no coração quando está no shopping, aeroporto ou consultório médico. O que faz quando a pia da cozinha entope, o pneu do carro fura, você adoece ou quando acabou de perder as chaves pela quadragésima vez. São as palavras que pronuncia com fervor quando se encontra no pronto-socorro, no enterro de um ente querido ou em meio a uma tempestade. O louvor deve ser uma atitude continua do coração, uma atitude que não se altera, apesar das mudanças em sua vida.
Não se trata de algum tipo de pensamento positivo. Nem de um mergulho na fuga da realidade que afirma: “Isto não está acontecendo” ou “Vou fingir que não estou me sentindo realmente assim”. Significa, isso sim: “Não se deixe afundar até o nível do problema; erga-se ao nível da solução”.
Um dos segredos de experimentar o poder do louvor é decidir-se adorar a Deus sem levar em conta as circunstâncias. Ao atingir o ponto em que o louvor brota automaticamente, sem se importar com o que está acontecendo, você conhecerá a Deus com mais intimidade. Quando fizer isso, não conseguirá deixar de louvá-lo.
É fácil louvar a Deus quando grandes coisas ocorrem ou quando você vê suas orações respondidas. Mas e quando está tudo dando errado? Qual é sua primeira reação diante dos momentos maus ou difíceis? Se culpar outros, a si mesmo ou a Deus, só vai complicar o problema, trazer mais aflição, penúria e dificuldade. Recuse-se a reagir aos problemas segundo a visão da carne e vá imediatamente para a esfera do Espírito, louvando a Deus. Vai descobrir que tudo passa a ser diferente. Quando sua primeira reação aos acontecimentos for louvar reiteradamente a Deus por quem Ele é, estará convidando-o agir na situação, com seu poder de mudar as coisas. Esse é o poder oculto do louvor a Deus.
Deus deseja que você exalte a ele, e não a seus problemas. Não quer dizer tentar convencer-se de que os problemas não existem. Significa que está afirmando: “Embora eu tenha esses problemas, sei que tu, Senhor, és maior que eles. És meu Pai celestial. És um Deus bom. Em ti encontro tudo de que preciso para minha vida e decido exaltar-te acima de tudo o mais”.
Quando você se convencer do poder do louvor em cada situação e compreender os resultados do verdadeiro louvor a Deus, sua vida será transformada para sempre.
Texto extraído: Bíblia da mulher que ora, Stormie Omartian.


Em Cristo,
MCA da Igreja Batista Monte Tabor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens recentes

Precisando conversar? Estamos aqui!