AVISOS

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Bíblia‏



As Histórias contidas na Bíblia são feitas de pessoas como nós, gente comum e até meio irresponsável: Jacó passou a perna em Esaú com o consentimento da mãe, Rebeca. O tio Labão armou uma tramóia na lua de mel para garantir que Jacó não percebesse que havia se casado com a mulher errada até a manhã seguinte, quando o matrimônio já estaria consumado e o bolo, cortado. José ficava andando de um lado para o outro, orgulhoso como um pavão, o que enfurecia os irmãos — os mesmos que se tornariam patronos das doze tribos de Israel e membros da árvore genealógica de Jesus. Isso mesmo, de Jesus Cristo! 
Aliás, se fizermos um estudo sobre a árvore genealógica de Jesus, encontraremos muita fruta podre. Eles estão todos listados no primeiro capítulo do Novo Testamento. Mateus apresenta 42 parentes de Cristo, todos de caráter questionável. Aqui vão apenas alguns exemplos:
• Uma de suas ancestrais bancou a prostituta na esperança de enganar Judá (um dos irmãos de José) e obrigá-lo a manter a palavra.
• Outra nem precisava fazer cena. Ela era mesmo uma meretriz que cuidava de seu pequeno prostíbulo na zona dos bordéis de Jericó.
• Bate-Seba seria uma ótima manchete dos tablóides sensacionalistas: a bela mulher que tomava banho ao ar livre e que veio a integrar as Escrituras passando pela cama do rei Davi.
• E Davi. O matador de gigantes que não conseguia controlar seus níveis de testosterona. O sujeito teve mais esposas do que se pode imaginar.
• O filho dele, Salomão, também tinha muitas mulheres e muito dinheiro. Será que algum rei já foi tão rico e tão solitário? "Vaidade de vaidades" deveria ser seu epitáfio.
Os ancestrais de Jesus: uma história após a outra marcada por escândalos, fracassos e intrigas. Quem são essas pessoas?
Nós. Se você quer saber que gente é essa, olhe para si. Podemos identificar nossa história pessoal na trajetória dessas pessoas. Encontramos esperança onde elas também encontraram. E
entre elas, pairando em volta de todas elas, está o grande herói: Deus. O Criador. Aquele que nos molda, que resgata nosso coração antes que naufrague. Deus. Distribuindo chamados, segundas chances e orientação moral a todos os que chegam, passam e se vão. A Moisés, que matou um homem; a Sansão, que cometeu um deslize; a Tomé, que duvidou de Deus; a João Batista, que se vestia como um homem das cavernas e mantinha os hábitos alimentares de um urso selvagem.
Essas são as pessoas da Bíblia, transbordantes de mais vigor e brilho do que a maioria pode conceber. Adoro ler as histórias dessa gente. E se Deus pode encontrar um espaço para esses personagens, ele tem, com certeza, um lugar para nós também. Ele tem um lugar para você!
Um trecho precioso encontrado no livro de Hebreus encerra essa verdade: Ora, tanto o que santifica quanto os que são santificados provém de um só. Por isso Jesus não se envergonha de chamá-los irmãos. Ele diz: "Aqui estou eu com os filhos que Deus me deu." HEBREUS 2:11-13
Essa passagem remete à imagem de uma foto de família: uma reunião de tias, tios, primos e outros parentes, que se encontram para um casamento, um piquenique no verão ou um feriado. Todos os personagens curiosos da família estão presentes. O vagabundo, o bêbado, o tio que insiste em não amadurecer e a tia que nunca cala a boca. O primo que tem ficha na polícia e o avô que fala baixarias. José, vestido ao estilo dos egípcios, e o pai, Jacó, com seus olhos penetrantes. O tio Labão e o rei Davi. Todos estão aqui, incluindo Jesus. Ele fica sentado bem no meio de todas essas pessoas, sorrindo como o Pai orgulhoso que é. "Estou aqui, cercado pelos filhos que Deus me deu." Você consegue distinguir seu rosto nessa foto? Espero que consiga...
pois está nela. E Jesus também se sente orgulhoso de você.
Ele te ama do jeito que você é, mas não te deixa do jeito que você está... Ele te transforma!
Abra seu coração para Cristo e permita que o Espírito Santo transforme sua vida!
Em Cristo,
MCA da Igreja Batista Monte Tabor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens recentes

Precisando conversar? Estamos aqui!